O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), que mede a inflação dos preços dos produtos, inclusive das matérias-primas, registrou deflação (queda) de 0,14% em dezembro deste ano. A taxa é inferior à observada em novembro passado, quando foi registrada inflação de 1,19%, e em dezembro de 2020, com inflação de 1,97%.

Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o indicador acumulou taxa de inflação de 17,30% em 12 meses, abaixo dos 24,16% de dezembro de 2020.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede os preços do atacado, teve deflação de 0,51% em dezembro. Em novembro, foi registrada inflação de 1,31%. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) também teve queda na taxa de novembro para dezembro, mas continuou registrando inflação, ao passar de 0,95% para 0,54%.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, por outro lado, teve alta na taxa, ao subir de 0,79% em novembro para 1,08% em dezembro.

Leia mais:
Câmara de BH devolve R$ 79 milhões aos cofres públicos
Em Patos de Minas, criança entrega carta à professora com abusos do pai e agressões contra a mãe