O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse nesta sexta-feira (2) que o problema de falta de combustível no Estado deve diminuir assim que os tanques comecem a atracar no porto de Nova York, que foi parcialmente reaberto na quinta-feira.

O porto foi fechado por causa dos estragos causados pela supertempestade Sandy esta semana, que deixou o local cheio de destroços, tornando a navegação perigosa. Com partes do porto em funcionamento, navios carregando milhões de galões de combustível seguem agora para as docas para início do descarregamento. Até agora, dois milhões de barris foram entregues, de acordo com a Guarda Costeira.

"Deve haver uma mudança real nas condições e as pessoas vão perceber isso rapidamente", disse o governador. "Milhões de galões de gasolina estão agora no porto, indo para a rede de distribuição", completou.

Cuomo disse ainda que a companhia de energia Con Edison deve começar a restabelecer a energia elétrica em partes da parte baixa da ilha de Manhattan ainda hoje. "Isso não significa que todas as luzes da parte baixa de Manhattan estarão funcionando", salientou. As informações são da Dow Jones.