Por meio da Portaria 764 publicada no Diário Oficial da União (DOU), a Secretaria do Tesouro Nacional oficializa o resgate parcial de R$ 855 milhões, anunciado nessa quarta (23) pelo Ministério da Fazenda, em cotas do Fundo Fiscal de Investimentos e Estabilização (FFIE). O FFIE é um fundo privado do qual a União, com recursos do Fundo Soberano, é cotista único. Pelo DOU, a quantia de R$ 855,991 milhões tem valor de mercado de 747.810 títulos. O resgate tem como objetivo garantir o cumprimento da meta fiscal de 2015.