A atividade econômica no país permanece no caminho da retração. Segundo o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), a economia brasileira teve uma queda 0,76% em agosto na comparação com julho.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a queda chegou a 4,47%.

No acumulado do ano, a atividade econômica registrou uma retração de 2,99%. Considerando os últimos 12 meses terminados em agosto, a queda registrada no indicador do BC foi de 2,16%.

O IBC-Br serve como referência para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.

Entre os dados utilizados no cálculo do indicador estão os números do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) sobre produção industrial, vendas no varejo e atividade no setor de serviços.

Dados do PIB (Produto Interno Bruto), medido pelo IBGE, e também do IBC-Br indicam que a economia brasileira está em recessão desde o ano passado.