Os investimentos totais do governo federal despencaram 31,3% no primeiro trimestre. A queda reflete o ajuste fiscal do governo, que afeta os gastos com investimentos. Dados do Tesouro Nacional divulgados nesta quarta-feira (29) mostram que as despesas totais com investimentos somaram R$ 15,336 bilhões (valores já corrigidos pela inflação) nos três primeiros meses do ano. As despesas com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) tiveram queda de 37,3% no primeiro trimestre, somando R$ 10,587 bilhões.

Em março, os investimentos totais tiveram queda nominal de 26,7%, e baixa de 32,2% em valores corrigidos pela inflação. Já as despesas do PAC somaram R$ 2,961 bilhões, com queda real de 32,5% sobre o mesmo mês de 2014.