A economia brasileira, nos últimos dois anos, perdeu muito do que conquistou na última década e, pior, agravou os dados negativos. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (5), pelo presidente reeleito do Conselho de Administração do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef) São Paulo, Henrique Luz.

"Há dois anos, no meu discurso de posse na diretoria do Ibef, eu falava do crescimento pífio da economia, da necessidade de o País investir em educação, da escassez de mão de obra qualificada e da deterioração da política fiscal", disse o executivo durante discurso de posse como presidente do Conselho de Administração do Ibef para o biênio 2015/2017.

Hoje, pontuou Luz, "temos uma série de escândalos no Congresso e enfraquecimento político do governo". "Não falamos hoje de crescimento pífio, mas de retração econômica", lamentou o executivo.

Para ele, o desafio para a nova diretoria do Ibef é procurar respostas para os associados, o que se dará em um ambiente mais desafiador e de desenvolvimento digital, o que exige mais velocidade nas decisões.