A Black Friday, uma das mais fortes datas para o varejo nos EUA, não apenas entrou no calendário brasileiro como ampliou o mix em oferta para itens inusitados, que vão desde descontos em diárias de motéis, condições mais vantajosas para aplicações financeiras, preços camaradas para cursos on-line e até uma noite de sono sobre um colchão adquirido com até 50% de desconto na promoção.
 
Para aproveitar o apelo da promoção, teve até segmento que adaptou a data da oferta. De olho no aumento do consumo promovido pela Black Friday, os motéis de Belo Horizonte promovem o Black Monday, que ocorrerá na próxima segunda-feira. 
 
De acordo com a diretora do motel Dubai, na região Noroeste de Belo Horizonte, Cristiane Gori Câmara, é uma boa oportunidade para os clientes conhecerem as suítes do estabelecimento. 
 
“Serão 50% de descontos em todos os quartos. Os clientes terão a opção de conhecer as melhores suítes com preços acessíveis”, disse.
 
Essa é a primeira vez que motéis da capital promovem a ação. “Diante da expectativa de lotação para a próxima segunda-feira, a intenção é repetir a promoção nos próximos anos”, conclui a diretora do motel Dubai.
 
Investimento
 
Com expectativa de crescimento de 80% na captação de novos clientes, a Easynvest, empresa de investimentos, participa pela primeira vez da promoção. 
 
“As pessoas estão tentadas a consumir e não a investir. Aproveitamos a Black Friday para mostrar a opção de investimento”, explicou o diretor da empresa, Amerson Magalhães, destacando que será oferecida rentabilidade de até 100% do CDI para algumas aplicações.
 
Outra estreante na data promocional é a empresa CrayonStock, que disponibilizará a seus clientes 40% de desconto na aquisição dos planos mensal e semestral de seu banco de imagens. 
 
Segundo representantes da empresa, que é nova no mercado, a ação é uma oportunidade para divulgar a marca e atrair novos clientes a longo prazo. A expectativa é gerar mais de 500 novos cadastros no site.
 
Para os fãs de artigos retrôs, a Trapemix prepara mais uma ação na Black Friday deste ano. Desde 2010, a empresa faz promoções para a data, com aumento entre 50% e 60% nas vendas de vitrolas, móveis, jukebox, rádios, telefones e artigos de decoração. Os descontos chegam a 30%, segundo informou o gerente Eduardo Ferreira Leite.
 
Na edição da Black deste ano, o consumidor também pode aproveitar os 50% de descontos para cursos on-line, incluindo livros e apostilas, ofertados pela Grancursos. A promoção será válida por uma semana. 
 
E para aqueles que estiverem cansados de perambular em busca dos melhores preços, a Ortobom oferece, nesta sexta-feira (28), descontos de até 50% na compra de colchões.
 
Smartphones são os mais cobiçados
 
Na lista dos dez termos relacionados à Black Friday mais buscados nas quatro semanas que antecedem a data, oito estão ligados a celulares. 
 
A conclusão é de levantamento realizado pela Serasa Experian, analisando as palavras mais usadas em sites de busca que levaram consumidores para páginas de lojas de departamento – setor que deve impulsionar o festival de descontos. 
 
O termo “Moto G”, modelo de smartphone da Motorola, foi o mais requisitado. Em seguida, estão os termos “iPhone 5s”, “Moto X”, “Celulares”, “iPhone 5”, “iPhone 4s”. 
 
Somente a partir da sétima posição é que aparecem itens de outras categorias, como “notebooks”, seguidos por “Xbox 360” (videogame). 
 
Serviços pegam carona no apelo da Black Friday e também oferecem ofertas nesta sexta