Aproximadamente 10 mil veículos deixarão de ser produzidos pela Fiat Automóveis em Betim. Isso porque a empresa concederá férias parciais coletivas de 11 a 20 de agosto para os seus funcionários. Um dos motivos é a baixa que sofreu o mercado durante a Copa do Mundo.
 
De acordo com a Fiat, como houve menos dias úteis durante o Mundial, de maneira geral,  as vendas reduziram em torno de 10%, mas as produções dos veículos não acompanharam essa queda. Com isso, os estoques cresceram e as férias coletivas têm o objetivo de alinhar a produção. 
 
Apenas os modelos Uno, Strada, Pálio e Siena não serão afetados pela decisão. Todos os outros, tais como Punto, Idea, Doblô, Linea, 500, Bravo e Freemont terão a fabricação reajustada. 
 
Atualmente, cerca de 3 mil veículos são produzidos pela empresa por dia. A Fiat não informou quantos funcionários serão dispensados durante o período das férias coletivas.