SÃO PAULO- A Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) divulgou a lista das empresas mais transparentes do país -ou seja, que mostram mais explicitamente aos seus acionistas como foi seu desempenho anual. Para chegar às 20 companhias, foram analisados mais de 2.000 demonstrações financeiras, segundo a instituição.

Roberto Vertamatti, presidente do conselho da Anefac, explica que os critérios para selecionar as empresas mais transparentes foram seguir regras de melhores práticas contábeis em balanços. Mas, mais do que isso, ele afirma, foi feita uma análise sobre como as organizações se referiram, em seus relatórios anuais aos acionistas, a eventuais problemas com investimentos ou qualquer fato que possa prejudicar resultados futuros.

Esse é o 17º troféu transparência que a entidade concede. A lista não é um ranking. Veja abaixo quais foram as empresas consideradas mais transparentes.


Empresas de capital aberto com faturamento acima de R$ 5 bilhões
AES Eletropaulo
Braskem S.A.
Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP
Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG
Embraer S.A.
Gerdau S.A.
Grupo Pão de Açúcar
Petrobras - Petróleo Brasileiro S.A.
Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S.A. - USIMINAS
Vale S.A.

Empresas de capital aberto com faturamento de até R$ 5 bilhões
AES Tietê
BM&F Bovespa S.A.
Fibria Celulose
JSL S.A.
Tractebel Energia S.A.

Empresas de capital fechado
Eletrobras Furnas
Embasa - Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A.
Energisa Paraíba - Distribuidora de Energia S.A.
Petrobras Distribuidora S.A.
Samarco Mineração S.A.