O Ministério da Saúde informou, nesta quinta-feira (9), que os aeroportos de Brasília, de Guarulhos, em São Paulo; e do Galeão, no Rio de Janeiro, terão postos de vacinação contra a Covid-19. Os serviços começam a funcionar na próxima segunda-feira (13).

O anúncio se deu no mesmo dia em que foram publicadas as novas regras para a entrada de viajantes no país. A portaria interministerial estabelece a exigência de quarentena de cinco dias para não vacinados que queiram entrar no Brasil.

Segundo o secretário executivo da pasta, Rodrigo Cruz, os aeroportos de Brasília, Guarulhos e Galeão são os que respondem pelo maior volume de passageiros internacionais. A ideia é que o posto de vacinação esteja em funcionamento sobretudo nos horários de maior movimento dos terminais.

"[É] para que, caso chegue algum passageiro que tenha interesse em se imunizar, que tenha a vacina disponível para ele lá", diz Cruz, ao destacar que, ainda assim, o viajante recém-imunizado teria que cumprir a quarentena de cinco dias antes de poder circular no país.

Cruz acrescenta que autoridades sanitárias monitoram o cenário epidemiológico atual e que, caso haja piora no cenário de pandemia, o tema será discutido novamente em 30 dias.

 

Leia também:

Brasil recebe mais 2,2 milhões de doses da vacina da Janssen contra Covid-19
Minas confirma 15 óbitos e 485 novos casos de Covid em 24 horas
Mais de 80% dos internados por Covid-19 em BH não estão vacinados
Governo passa a exigir 'passaporte da vacina' ou quarentena para viajantes; entenda