Três milhões de doses de vacinas da Janssen contra a Covid-19, doadas pelo governo norte-americano, desembarcaram no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), na manhã desta sexta-feira (25). O lote é avaliado em R$ 145 milhões.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhou a chegada dos imunizantes ao lado do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman. Queiroga agradeceu a colaboração do governo americano.
 

Queiroga

O embaixador Todd Chapman disse que "esses três milhões de doses representam a maior doação que nós já fizemos para qualquer nação"

"Nesse momento recebemos essa doação, mas, no futuro, Brasil e Estados Unidos farão,  juntos, muito mais pelos países da América Latina e pelos países mais pobres que também enfrentam essa doença", afirmou o ministro.

O embaixador Todd Chapman disse que "esses três milhões de doses representam a maior doação que nós já fizemos para qualquer nação".

O imunizante, de dose única, está aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial e é produzido pela farmacêutica Johnson&Johnson.

Leia mais:
Minas solicita autorização da Anvisa para importação excepcional de doses da vacina Sputnik
Minas confirma mortes por Covid de crianças e adolescentes pelo 3° dia seguido; já são 113 óbitos