A partir desta terça-feira (1º), todos os passageiros que chegarem no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, identificados como sintomáticos para a Covid-19, serão direcionados para a realização do teste RT-PCR em um ônibus laboratório, posicionado no próprio terminal. O ônibus conta com uma equipe de saúde preparada para a coleta das amostras. O serviço funcionará das 6h às 23h. 

Segundo informações da prefeitura de São Paulo, além de agilizar o exame do passageiro, a ação contribuirá para o isolamento social mais breve possível, caso o exame confirme a contaminação. O passageiro também será orientado a se isolar até a liberação do resultado do teste.
 

Teste

 O ônibus conta com uma equipe de saúde preparada para a coleta das amostras

“Para viajantes que não possuam condições financeiras, estão reservados 60 quartos no hotel na região do Anhembi, para que o isolamento seja feito de maneira adequada. Caso seja identificado algum caso com a variante indiana da Covid-19, esse paciente será encaminhado para o Hospital Geral Guaianazes para o devido tratamento”, informou a prefeitura. 

A unidade, que pertence ao estado, conta com 20 leitos de enfermaria e dez leitos de UTI.

A prefeitura informou ainda que na última semana, a Vigilância Municipal monitorou 68 voos e cerca de 6,8 mil passageiros, com sete sintomáticos, que foram encaminhados à UBS Jardim Aeroporto para a realização do RT-PCR.

Leia mais:
Vacinação contra gripe: 20 milhões de doses já foram aplicadas
Covid-19 já matou 96 crianças e adolescentes em Minas