Toneladas de alimentos estão sendo distribuídas nesta quinta-feira (29) pela Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) em Araraquara, interior de São Paulo. Como a ação ainda está em andamento, a companhia ainda não divulgou a quantidade de alimentos doada e nem a quantidade de pessoas que foram beneficiadas com as doações. Os caminhões carregando os alimentos deixaram o entreposto da Ceagesp, na capital paulista, por volta das 4h da manhã e chegaram ao destino por volta das 9h.

Alimentos

Toda essa mercadoria, que foi arrecadada na capital, chegou ao interior com apoio do Exército


​Segundo a Ceagesp, a carreata da solidariedade, como foi chamada a ação de distribuição de alimentos para a população, foi possível por meio de doações de frutas, verduras, legumes e cestas básicas por pessoas físicas e comerciantes do entreposto da capital e do interior.

Toda essa mercadoria, que foi arrecadada na capital, chegou ao interior com apoio do Exército. Segundo o Comando Conjunto Sudeste, cerca de 70 toneladas de alimentos foram transportados para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social em Araraquara. A expectativa do Exército era de que esses alimentos poderiam beneficiar até quatro mil pessoas.

No total, 23 militares participaram da carreata da solidariedade, além dos integrantes do Tiro de Guerra do município. Também foram empregadas sete viaturas da Segunda Companhia de Transporte, do Exército Brasileiro. Segundo o Comando, esta é a quarta vez que há uma cooperação entre o Exército e a Ceagesp para as carreatas da solidariedade, que já ocorreram nas cidades paulistas de Aparecida, Potim e em aldeias indígenas da região metropolitana de São Paulo.

Por meio das redes sociais, o presidente da República, Jair Bolsonaro, mostrou um vídeo que mostra a carreata da solidariedade deixando a sede da Ceagesp a caminho de Araraquara. Na postagem, Bolsonaro elogiou o trabalho dos permissionários do entreposto, do Exército e da Polícia Militar de São Paulo, responsável pela escolta dos caminhões.

Leia mais:
Má alimentação e consumo de bebida alcoólica na pandemia fazem disparar as doenças gastrointestinais
Caixa inicia nesta segunda campanha de arrecadação de alimentos