Hollywood, Oscar, Beverly Hills, Santa Monica, Rodeo Drive, Kodak Theatre, Calçada da Fama, Dorothy Chandler Pavillion, Disneylândia, Universal, Twentieth Century Fox, Warner Bros., Little Tokyo – diga qualquer um desses nomes e logo o associamos a Los Angeles.

L.A. – como é carinhosamente chamada pelos que vivem lá e também pelos que têm um carinho especial por ela – é uma cidade que já faz parte do imaginário popular, da bagagem cultural de cada um de nós, graças especialmente a Hollywood, o subúrbio mais famoso da Grande Los Angeles, onde estão concentrados alguns dos principais estúdios, como a Universal, a Warner Bros. e a Columbia Pictures.

Foi em Los Angeles que Charlie Chaplin surgiu para o mundo, depois de deixar para trás a vida difícil na sua Inglaterra natal. No Hollywood Bowl, um dos maiores anfiteatros do planeta, os também britânicos Beatles fizeram apresentações históricas.

Atrás de celebridade

É difícil desassociar Los Angeles do “show business”, do entretenimento – enfim, das celebridades. E elas estão sempre por lá.

Quando você cê menos espera, pode esbarrar com uma delas: Keanu Reeves, Madonna, Paul McCartney, Joe Mantegna, Diane Keaton, Jamie Lee Curtis, Larry King (entrevistador da CNN), Arnold Schwarzenegger (que chegou a ser governador da Califórnia, Estado que representa, sozinho, a sétima economia do mundo). São estrelas que, quando não moram na cidade, são visitantes frequentes e entusiastas.

Uma das maiores cidades do mundo, Los Angeles não tem somente Hollywood ou a Disneylândia como referência: suas paisagens vão de montanhas nevadas a ensolaradas praias, com muitas opções de bares, restaurantes e casas de entretenimento.

Veja dicas para aproveitar melhor a cidade dos Anjos na Edição Digital