O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta terça-feira (29) a aprovação de mais dois projetos a serem apoiados pelo Fundo Amazônia, no valor total de R$ 27,3 milhões. Com as duas aprovações, o Fundo Amazônia, gerido pelo BNDES, encerrou 2012 com 36 projetos aprovados, no valor de R$ 439,8 milhões.

Um dos projetos anunciados, no valor de R$ 18,8 milhões, visa o fortalecimento da gestão ambiental em municípios do bioma Amazônia, destinado ao Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam). O Ibam investirá na oferta de capacitação técnica que visa aprimorar a gestão ambiental dos órgãos municipais da região, podendo alcançar os 529 municípios do bioma Amazônia distribuídos pelos nove estados da Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins). O prazo de execução é de 48 meses.

O outro projeto, no valor de R$ 8,5 milhões, para o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM), tem por finalidade a realização de pesquisa, desenvolvimento e disseminação de conhecimentos em manejo e gestão participativa. O objetivo é fortalecer as atividades de pesquisa e as ações relacionadas ao manejo sustentável do ecossistema, educação ambiental e proteção e monitoramento. As ações serão feitas em duas unidades de conservação classificadas como Reserva de Desenvolvimento Sustentável - Mamirauá e Amaná -, no Amazonas.