A Volkswagen não tem do que reclamar de seus utilitários-esportivos compactos, Nivus e T-Cross. A dupla vendeu mais de 100 mil unidades nos mercados brasileiro e argentino em 2021.

O volume corresponde a cerca de um terço dos emplacamentos da marca por aqui no ano passado. 

Para se ter uma ideia, de janeiro a novembro, a VW licenciou 274 mil unidades, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Desse total, mais de 90 mil foram da dupla, sendo 55,7 mil unidades do T-Cross e 35,1 mil do Nivus.

“O sucesso do Nivus e do T-Cross é a prova de que estamos no caminho certo”, afirma o vice-presidente de Vendas e Marketing da VW, Roger Corassa.

No entanto, com os números de vendas de dezembro, o T-Cross saltou para 62.311 e o cupê aventureiro atingiu 36.667 unidades vendidas. 

Na soma dos 4.403 unidades do SUV e outras 5.434 do Nivus, no mercado hermano, a VW colocou na praça 108.815 carros.

Leia mais:​
Audi amplia linha A3 com nova versão S Line Limited 2.0