O senador Antonio Anastasia (PSD-MG) foi escolhido pelo Plenário do Senado para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), na noite desta terça-feira (14). Ele recebeu 52 dos 78 votos dos parlamentares. A senadora Kátia Abreu (PP-TO) teve 19 votos e o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) teve 7 votos, segundo a Agência Senado. Anastasia ficará com a vaga deixada pelo ministro Raimundo Carreiro, que será embaixador do Brasil em Portugal.

Embora seja um tribunal, o TCU não faz parte do Poder Judiciário. Ele é o órgão de controle externo do governo federal e auxilia o Congresso Nacional na missão de acompanhar a execução orçamentária e financeira do País. O TCU julga as contas de parte da prestação da Administração Pública Federal e, no caso do presidente da República, aprecia as contas anualmente. Depois, emite um parecer prévio e as contas são encaminhadas ao Congresso Nacional, que faz o julgamento. 

O presidente estadual do PSD, Alexandre Silveira, é que deve assumir o lugar de Antônio Anastasia. Ele é diretor jurídico do Senado e vai ocupar o cargo até ser empossado.

Leia também
Câmara de Belo Horizonte devolve R$ 79 milhões aos cofres públicos
Serviço da biofábrica de joaninhas é retomado em BH; inseto é usado no combate natural de pragas