O Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE) vai inspecionar as contratações de terceirizados da Câmara Municipal de Belo Horizonte. A medida está sendo tomada após denúncias de supostas irregularidades em contratações de terceirizados pelo Executivo da capital, que estariam afetando os recursos financeiros da Casa. 

O pedido para inspecionar os documentos foi feito pelo relator Hamilton Coelho, no dia 27 de outubro, mas ainda não tem data prevista. De acordo com o TCE, o pedido ainda será encaminhado para a Superintendência de Assuntos Externos, que vai determinar o dia para realizar a fiscalização.

As investigações correm em sigilo.  

A reportagem procurou a Câmara Municipal de Belo Horizonte e, até o fechamento dessa matéria, não obteve retorno.

Leia também
Alunos da rede estadual de Minas voltam às atividades presenciais de forma obrigatória
TRF autoriza retomada de apuração sobre atentado contra Bolsonaro