Qualquer pessoa que trabalhou com carteira assinada entre 1999 e 2013 pode pedir o recálculo do saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) com um índice de atualização monetária mais favorável.

O Supremo Tribunal Federal deve julgar a ação direta de inconstitucionalidade que pede a mudança do índice de correção do FGTS em 13 de maio. Desde de 1999, o critério de atualização (TR) não reflete mais a realidade da inflação do país.

A proposta é que o cálculo seja feito baseado no Índice de Preços ao Consumidor (INPC) ou Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que acompanham a inflação. Essa troca pode aumentar significativamente o saldo do FGTS.

O advogado Bruno Junqueira conversa com a repórter Maria Amélia Ávila sobre a ação de revisão do FGTS, nesta segunda-feira (03), às 17h30. A live será transmitida pelo Instagram do Hoje em Dia.