O secretário municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, vai participar de uma audiência pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte às 13h desta quarta-feira (31). O objetivo da reunião é debater o avanço da pandemia na capital e as medidas de enfrentamento à Covid-19 adotadas pela prefeitura. O encontro foi solicitado pelo vereador Dr. Célio Frois (Cidadania), presidente do colegiado, e tratará de assuntos da Comissão de Saúde e Saneamento. 

No último dia 10, o titular da pasta foi convocado através de um requerimento, assinado por 21 parlamentares, para comparecer à Casa em 23 de março e debater o decreto do Executivo que relacionou o fechamento da cidade aos índices epidemiológicos. 

No entanto, Machado não se apresentou alegando intenso trabalho no combate à doença. Na justificativa, ele lamentou a ausência devido a "excessivos compromissos no dia" e pediu que a reunião fosse remarcada. 

Vereadores lamentaram ausência

À época, o vereador Wesley (PROS) lamentou a ausência do secretário e afirmou que iria questioná-lo sobre a falta de higienização dos ônibus que circulam na capital. Segundo ele, um grande número de pessoas está testando positivo para a Covid-19 devido ao uso do transporte coletivo.

Juliano Lopes (PTC) afirmou na ocasião que a ausência do titular da Secretaria Municipal de Saúde representa uma "afronta à Câmara". Já o parlamentar Nikolas Ferreira (PRTB) declarou que os vereadores não são funcionários de Jackson e que a sensação é que a Câmara faz um papel de "enfeite".

*Com informações de Anderson Rocha

Leia mais:

Estado anuncia escala de pagamento de abril e quita 13º dos servidores
BH planeja fechar a semana com 320 mil pessoas vacinadas contra a Covid-19
Estudo mostra queda na renda dos idosos durante pandemia