Sob a alegação de que estaria ocorrendo um surto de Covid-19 na Refinaria Gabriel Passos (Regap), petroleiros que atuam na unidade, em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte, anunciam uma greve para a partir desta segunda-feira (22).

O Sindicato dos Petroleiros em Minas (Sindipetro-MG) informa que comunicou oficialmente à direção da refinaria que mais de 200 trabalhadores teriam sido contaminados pelo novo coronavírus neste mês de março, sendo 84 deles do mesmo setor. Doze estariam internados em estado grave.

Na expectativa de proteger os trabalhadores, o Sindipetro-MG afirma ter enviado à gerência-geral da Regap uma solicitação para que seja suspensa a Parada de Manutenção, entre outras medidas. O sindicato aponta que, em condições normais de operação, a refinaria tem uma média de 900 funcionários atuando.

Trabalho presencial

Na Parada de Manutenção, no entanto, esse número de profissionais trabalhando no mesmo espaço seria elevado para em torno de 3 mil.

O documento de alerta teria sido enviado também, segundo o Sindipetro-MG, para o Ministério Público do Trabalho (MPT); Superintendência Regional do Trabalho e Emprego; Ouvidoria do Estado e Conselho Regional de Saúde, entre outros órgãos e entidades.

O sindicato, que afirma não ter recebido qualquer resposta da direção da unidade, não informou se a paralisação de atividades na Regap poderia resultar em algum tipo de redução da distribuição de combustíveis.

Leia mais:

Minas registra mais de 400 novos casos de Covid-19 por hora

Quem já pode se vacinar contra a Covid-19 na capital mineira

Com risco de faltar oxigênio e medicamentos, prefeituras pedem solução emergencial ao governo