O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado enquanto participava de uma caminhada com eleitores pelo calçadão da rua Halfeld, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, na tarde desta quinta-feira (6). A Polícia Militar informou que o autor do atentado foi preso.

Bolsonaro estava sendo carregado por apoiadores quando fez uma expressão de dor e todos no entorno perceberam que o candidato havia sido agredido. O candidato foi conduzido por populares para o Hospital Santa Casa de Juiz de Fora e o corte teria sido superficial, segundo a PM.

De acordo com uma postagem do filho do candidato, Flavio Bolsonaro, no Twitter, o corte foi superficial e o deputado federal passa bem. 

Veja o vídeo com o flagrante do momento do atentado:

Mais cedo, Jair Bolsonaro havia visitado o hospital filantrópico da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer de Juiz de Fora (Ascomcer). Houve tumulto entre pacientes e partidários que faziam um cordão de isolamento para a passagem do candidato. 

Leia mais:
Visita de Bolsonaro a hospital em Juiz de Fora é marcada por tumulto
TSE aprova registro de candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência
Ibope: Bolsonaro mantém liderança, enquanto Ciro sobe e empata com Marina na corrida presidencial