Ao menos 22 crianças e quatro mulheres morreram em um ataque aéreo da coalizão liderada pela Arábia Saudita quando fugiam das zonas de combate no Iêmen, declarou nesta sexta-feira (24) o secretário-geral-adjunto das Nações Unidas para assuntos humanitários.

Outras quatro crianças morreram na quinta-feira (23) em outro ataque aéreo na região de Al-Durayhimi, ao sul da cidade rebelde de Hodeida, denunciou Mark Lowcock.