O ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) se entregou na tarde desta quarta-feira (23), em uma delegacia no bairro Santo Antônio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. 

Por volta das 14h40, Azeredo chegou à 1ª Delegacia Distrital de BH, que fica na rua Carangola, acompanhado do filho, em um veículo com os vidros escuros, e entrou pela garagem. O ex-governador só deixou o veículo, após o portão da delegacia ter sido fechado, driblando a imprensa que aguardava no local. 

Após mais de 1h30 cumprindo os procedimentos legais na 1ª Delegacia, Azeredo deixou o local rumo ao Instituto Médico Legal, onde vai realizar o exame de corpo de delito, no bairro da Gameleira, região Oeste da capital. 

Em meio a muito tumulto, o ex-governador deixou a delegacia dentro de uma viatura da Policia Civil, e foi escoltado por mais dois veículos da corporação. Durante os primeiros metros do trajeto, curiosos que acompanhavam o movimento no local hostilizavam o tucano, gritando palavras de ordem contra Azeredo.

Em instantes, o delegado responsável pela 1 Delegacia Distrital concederá uma entrevista coletiva para dar detalhes sobre a prisão e os próximos passos de Azeredo, inclusive com a confirmação do local em que o ex-governador vai ser encaminhado após os exames no IML.

O tucano foi condenado a 20 anos e 1 mês de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato, na campanha de reeleição ao governo do Estado em 1998. Nessa terça (22), os desembargadores da 5ª Câmara Criminal rejeitaram o último recurso em segunda instância, apresentado pela defesa de Azeredo, e determinaram a prisão imediata do ex-governador.

Assista aos vídeos:

Leia mais:
Ministro do STJ nega pedido de medida liminar para evitar prisão de Azeredo
Delegado afirma que negociações com defesa de Azeredo foram retomadas
Ex-governador Eduardo Azeredo já é considerado foragido, diz Polícia Civil