Desde ontem todas as agências dos Correios em Minas estão capacitadas a fazer depósitos e saques por intermédio do Pague.MOBI, lançado oficialmente em Belo Horizonte. Com este novo sistema, mesmo sem conta ou aplicativos bancários, e somente informando o número do CPF, microempreendedores poderão receber pela comercialização dos produtos e serviços nas agências dos Correios.

“Temos hoje cerca de 7,5 milhões de Microempreendedores Individuais (MEI) formalizados e que movimentam R$ 350 bilhões anualmente. Mas, em contrapartida, 1.500 municípios não possuem infraestrutura bancária”, informou o principal executivo da Conta.MOBI, empresa responsável pelo Pague.MOBI, Ricardo Capucio.

Por isso, a interligação e parceria dos Correios tem o objetivo de incrementar ainda mais as relações com cartões e outras transações eletrônicas.

O sistema que começa a funcionar em toda Minas Gerais tem previsão de entrar em operação em São Paulo no fim deste mês e em todo o Brasil no início do ano que vem.

O vice-presidente dos Correios, Cristiano Barata, informou que a empresa está presente em 5.470 municípios brasileiros com 6 mil agências próprias, mil franqueadas e 4.5o0 agência comunitárias. “Tamanho ativo precisa de receita, por isso acreditamos na parceria com o Pague.MOBI. Além de fonte de recursos, ele será muito útil para a população, principalmente para quem não tem acesso a todos os serviços bancários”, disse.

Além de a sede da Pague.MOBI ser em Belo Horizonte, pesou o fato de o modelo começar a ser implantado em Minas, que tem 853 municípios. “É o Estado perfeito, com sua dimensão, para avaliarmos esta nova prestação de serviços”, avaliou o dirigente dos Correios.

“É um sistema simples, mas extremamente seguro”, afirmou Ricardo Capucio. Além da segurança eletrônica do próprio aplicativo, para saques nos Correios, a pessoa terá de levar um documento com foto.