Já se pode cantar "Happy Birthday", a versão originial em inglês do nosso "Parabéns a você", sem correr o risco de cometer algum delito, após um juiz federal de Los Angeles decidir na terça-feira que a canção é de  domínio público.

Desta forma, a gravadora Warner Chappell Music não possui "os direitos autorais da letra" da canção, decidiu o juiz George King. A decisão acaba com uma batalha jurídica contra a Warner empreendida há dois anos por um músico e uma cineasta que realizavam um filme sobre a famosa canção.

Warner exigiu o pagamento de US$ 1.500 para ceder o direito de reproduzir "Happy Birthday" no filme. Mas Rupa Marya e Robert Siegel argumentaram que a música, que data do século XIX, é de domínio público.

Em resposta, a Warner, que comprou "Happy Birthday" em 1988 da companhia que garantia ser a  proprietária da canção, afirmava que tinha seus direitos desde 1935.  "Happy Birthday" é a canção mais popular do mundo, segundo o livro Guinness dos Recordes. Originalmente, foi escrita para escolas infantis e se chamava "Good Morning to All" (Bom dia a todos).

Foi traduzida para 18 idiomas, incluindo o português, sob o título "Parabéns a você". A Warner não respondeu aos contatos da AFP para comentar a decisão judicial