A União Europeia vai oferecer 1 bilhão de euros em incentivos financeiros para que a África receba de volta imigrantes que buscam asilo no continente europeu, segundo publicou a revista alemã Der Spiegel. A oferta deve ser feita em novembro, durante uma cúpula realizada em Malta.

"Se um país africano está disposto a aceitar de volta seus próprios cidadãos que não têm chance de conseguir um asilo na Europa, então os europeus devem apoiar isso", diz na revista o ministro de Relações Exteriores de Luxemburgo, Jean Asselborn. O país ocupa a presidência rotativa da UE até o fim deste ano. Um porta-voz da UE disse que, a esta altura, "é prematuro falar sobre propostas para a cúpula de Malta".

A Europa enfrenta a maior onda de imigrantes desde a Segunda Guerra Mundial, com muitos vindo da África por meio de rotas perigosas no Mar Mediterrâneo. O Alto Comissariado da ONU para Refugiados divulgou um relatório na última sexta-feira afirmando que mais de 300 mil imigrantes tentaram chegar ao continente europeu este ano, e quase 2,5 mil morreram ou desapareceram. Fonte: Dow Jones Newswires.