O deputado federal Domingos Sávio assumiu neste sábado (13) a presidência do PSDB de Minas Gerais. A convenção para a renovação do Diretório Estadual do partido foi realizada no plenário da Assembleia Legislativa.

Serão eleitos 105 membros efetivos e 35 suplentes que farão parte do Diretório Estadual para o biênio 2015-2017. Após a eleição, os integrantes escolhem uma nova Comissão Executiva para comandar o partido nos próximos dois anos. O atual presidente da legenda em Minas, deputado federal Marcus Pestana, cumpre seu segundo mandato consecutivo e não pode ser reconduzido ao cargo.

Os senadores Antônio Anastasia e Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, marcaram presença no evento, que também reuniu prefeitos, vereadores, parlamentares estaduais e federais.

Durante o evento, Domingos Sávio, novo presidente do PSDB, disse que o partido tem a missão de reorganizar o partido em Minas . "Resgatar o gosto do povo mineiro pela política. Isso começa nas eleições municipais. Em BH temos uma posição clara: lançar um candidato próprio para a prefeitura da capital"", afirmou.
 
Sávio ainda afirmou que tem humildade de reconhecer que não se ganha em BH sem uma boa e sólida aliança. "Por isso, vamos conversar com os partidos aliados, PSB, PDT, PP, DEM, PPD, PTD, entre outros, para ter em BH uma campanha que assegure a vitória", afirmou.
 
Sobre o governo federal, Domingo disse que o partido vê com tristeza a situação atual. "Vemos com tristeza o povo se deparar com o governo envolvido com crime, com indivíduos criminosos, com a Polícia Federal se ocupando de trazer para a população o que nós já alertávamos: que essa é a prática desse grupo político que está no poder", pontou
 
Aécio
 
Presente no encontro, o senado Aécio Neves disse que o PSDB é um partido que se preparou para governar estados e o Brasil. "Nesse momento, com a tragédia que se transformou o governo do PT, a responsabilidade do PSDB é cada vez maior. Vamos reorganizar o partido em Minas, elegendo nossa Executiva, com os olhos em Minas em primeiro lugar para reafirmar aqui nossa obra de governo. Estamos nos preparando para voltar a governar Minas Gerais e o Brasil"
 
Questionado sobre o possível retorno da CPMF, Aécio se limitou a falar sobre os problemas do atual governo do PT. "Eu vejo que o Brasil não tem governo, os ministros batem cabeça. O ex-presidente da república ontem no congresso do PT conseguiu tentar dizer que a culpa do que acontece com o PT hoje, essa indignação de grande parte da sociedade, é da mídia. A emoldurar a crise econômica e moral que existe hoje no país, ainda existe a crise de confiança extremamente grave. Não conseguiremos retomar o crescimento sem retomar confiança e credibilidade e a presidente não tem mais nem confiança nem credibilidade mais para fazer o que precisa ser feito"
 
Sobre eleições municipais em Minas Aécio disse que o partido já está se preparando e articulando alianças, inclusive para lançar candidato para a capital.
 
"Estamos nos preparando para as eleições municipais onde espero ter grandes vitórias e nos preparando para fazer os que os mineiros esperam desde já: que o PSDB volte a governar Minas. Vamos construir ampla aliança em BH, mas a intenção do PSDB é sim ter candidatura própria".
 
Márcio Lacerda
 
O prefeito de Marcio Lacerda também discursou no evento. "Agora posso dizer e me compromissar, estando à frente da presidência do PSB estadual: estaremos juntos, sempre aliados, visando o interesse do povo brasileiro, sempre onde isso for possível e necessário e representar a vitória de nossa aliança. Vamos juntos em 2016 e 2018. Pelos mineiros e pelo provo brasileiro", afirmou.
 
Questionado se o PSB brigaria pela cabeça de chapa com algum aliado, Lacerda deixou claro que tudo será negociado. "Pode ser que o PSB decida por candidatura própria e estaremos juntos no segundo turno".