O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve afirmou nesta sexta (9), em coletiva de imprensa, que a população de Paris está "aliviada" esta noite com a morte dos terroristas envolvidos nos atentados dos últimos dias na França. Ele destacou que as forças de segurança do país continuarão vigilantes.

"Nós permaneceremos extraordinariamente mobilizados", disse. "Estamos na obrigação de estar em movimento permanente contra essa ameaça, que devemos classificar de grave", destacou o ministro. Cazeneuve também elogiou a atuação da polícia francesa na ação.

Um balanço provisório dos atentados de Paris mostra que já são 20 mortos: 17 vítimas e 3 terroristas. A maior parte das vítimas - 12 - morreu no ataque à redação do jornal Charlie Hebdo.