Quatro pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas na tarde desta segunda-feira (29) ao serem atingidas por um raio na orla de Praia Grande, litoral sul de São Paulo. Entre as pessoas que entraram em óbito está uma grávida.

A Prefeitura de Praia Grande chegou a confirmar cinco pessoas feridas, mas corrigiu o número no final da tarde desta segunda.

O acidente aconteceu por volta das 14h20 na praia Canto do Forte, perto do Quiosque 15, situado na altura das ruas Rui Barbosa e Mauricio José Cardoso. As vítimas foram socorridas ainda no local e encaminhadas para o Hospital Municipal Irmã Dulce, onde foram confirmadas as mortes de quatro delas.

Os mortos foram identificados como Zenildo Tadeu Vieira, 69, coronel PM aposentado, e sua esposa, Andrea Boaretto, 41; a sobrinha do casal Katia Boaretto, grávida de 5 meses e seu marido, Luciano (sobrenome e idade desconhecidos).

Entre os feridos, há um comerciante ambulante em estado grave e três turistas -mãe e duas filhas- fora de perigo, em avaliação buco-maxilo-facial, pois tiveram ferimentos no rosto, informou a prefeitura.

A prefeitura afirmou, em nota, que há faixas instaladas nas proximidades alertando os banhistas sobre os perigos da exposição aos raios.

A chuva atingiu grande parte do litoral sul de São Paulo no início da tarde e causou outros estragos. A Prefeitura de Santos contabilizava, por volta das 17h, ao menos oito quedas de árvores, dois destelhamentos, além de semáforos com problemas.

Ainda em Santos, a rua Fernão Dias estava bloqueada, no horário, devido à queda do telhado do Shopping Balneário, na região de Gonzaga.