LOS ANGELES (EUA) – George Barris, o homem que projetou e construiu o icônico Batmóvel, popularizado na série de TV “Batman” dos anos 1960, faleceu em Los Angeles, aos 89 anos, anunciou na última sexta-feira (6) seu filho Brett no Facebook.

Barris, conhecido como “King of the Kustomizers” (‘Rei dos Customizadores’), morreu na quinta-feira, dia 5, em sua casa, enquanto dormia. “Lamento ter que postar que meu pai, o lendário ‘rei do carro customizado’ George Barris, se mudou para a grande garagem no céu”, afirma a mensagem publicada na rede social.

Além do “Batmóvel”, Barris também criou outros carros marcantes da TV, como o carro do detetive Michael Knight na série “A Super Máquina” (“The Knight Rider”), dos anos 1980. O americano projetou o carro inteligente (“KITT”, iniciais de “Knight Industries Two Thousand”).

Barris também projetou veículos especiais para “The Munsters” (“Os Monstros”), “The Beverly Hillbillies” (“A Família Buscapé”) e “The Monkees”, todos seriados de sucesso nos anos 60, 70 e 80 do século passado.

Seus veículos também apareceram em filmes como “North by Northwest” (“Intriga Internacional”), dirigido em 1959 por Alfred Hitchcock.

Ele projetou também um Rolls Royce dourado para Zsa Zsa Gabor.

Customização

Barris abriu uma empresa especializada na personalização de veículos, a Barris Kustom Industries, com seu irmão em Los Angeles, em 1945. A companhia segue em atividade.

George Barris contava que criaram o Batmóvel em apenas duas semanas, em 1966, a partir de um Lincoln Futura que havia custado um dólar. O Batmóvel original foi vendido por mais de US$ 4 milhões em um leilão em 2013.