A coletiva de imprensa do técnico da Seleção Brasileira Luiz Felipe Scolari, e do capitão Thiago Silva, realizada nesta sexta-feira (17), no Mineirão, corria bem até um repórter chileno perguntar o que o treinador e o capitão achavam dos comentários sobre a arbitragem para a partida, que será do inglês Howard Webb.

Segundo a imprensa chilena, a Fifa poderia tentar beneficiar a seleção brasileira na partida deste sábado (28), às 13h, no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

Rapidamente o assessor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva pediu a palavra e criticou duramente o repórter chileno. “Esse tipo de pergunta e suposição não é apenas um desrespeito com a Seleção Brasileira, como com todo mundo que está envolvido nesta Copa. Tanto o arbitro, como a Fifa, mas principalmente com o povo brasileiro. Vocês deveriam respeitar todos”, bradou Rodrigo Paiva, sem permitir que Felipão e Thiago Silva respondessem a pergunta.

Felipão também perde a paciência
Na sequência da coletiva, foi a vez de Felipão responder com rispidez a uma pergunta. Muitos repórteres argentinos estavam presentes na coletiva e insistiam em perguntar quem Felipão e Thiago Silva acham melhor Messi ou Neymar.

Na primeira vez que foram questionados, os dois responderam com calma, mas na segunda o treinador preferiu ser curto e grosso. “O Neymar joga pelo Brasil, para ajudar a seleção a ser campeã do mundo, não para ser o melhor do mundo”, concluiu.