Os fãs da banda Capital Inicial estão convidados, claro, mas o show que Dinho Ouro Preto faz nesta terça-feira (21), em Belo Horizonte, é baseado no novo trabalho solo dele, que dividirá o palco do Sesc Palladium com Zélia Duncan, Kiko Zambianchi e Podé Nastácia. Em "Black Heart", o cantor apresenta versões de clássicos do rock mundial.

Entram no repertório, músicas como "Suspicious Mind" (Elvis Presley), "Dancing Barefoot" (Patti Smith), "Hallelujah" (Leonard Cohen), "Love Will Tear Us Apart" (Joy Division), "There Is A Light That Never Goes Out" (The Smiths) e "Being Boring" (Pet Shop Boys).

"O critério para escolha do repertório foi simples: canções que eu ouvi em algum momento da minha vida, mas que de alguma forma não fossem óbvias demais. Na medida em que elas iam sendo escolhidas, percebi um tema em comum. De modo não deliberado, elas eram todas canções de amor. Ou talvez, para ser mais preciso, digamos, emocionais", explica Dinho.

O show integra as comemorações de um ano do Sesc Palladium, que jhá trouxe neste mês Gal Costa, Ney Matogrosso, Ron Carter, Céu e Curumim.


Dinho Ouro Preto e convidados - Show "Black Heart". Nesta terça-feira (21), às 21 horas, no Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro). Plateia I: R$ 70 e R$ 35 (meia). Plateia II: R$ 60 e R$ 30 (meia). Plateia III: R$ 50 e R$ 25 (meia). Informações: (31) 3214-5350 e Sescmg.com.br