O lateral-direito Guga, que esteve perto de deixar o Atlético neste período de pandemia, cada vez mais vai ganhando a confiança do técnico Jorge Sampaoli, apesar de ainda sofrer com a desconfiança de parte da torcida. Até o momento, ele participou de 20 jogos sob o comando do treinador argentino, que completou 24 no empate sem gol contra o Sport-PE.

Criticado por uma ala de torcedores e também da mídia, Guga foi titular em 17 oportunidades. Para se desligar das ofensas e cobranças mais ríspidas, ele decidiu deixar de lado a televisão e o smartphone.

“As críticas são normais, ainda mais aqui no futebol brasileiro. A gente faz excelente campanha, só dependemos de nós mesmos para voltar à liderança. O peso da mídia, de todo mundo, é como se tivesse tudo errado, parece que a gente perdeu a chance de ser campeão. A gente ainda tem um turno inteiro para disputar. E só dependemos de nós. Não tem nada errado. A gente tem que saber lidar com isso”, destacou o lateral de 22 anos. 

“Eu mesmo nem vejo mais nada de TV e rede social porque isso nos puxa para baixo. Sei da nossa capacidade, a gente tem tudo para ser campeão, para brigar pelo título, a gente não pode deixar essas coisas de fora nos afetar. A gente tem que manter a concentração, o nosso foco no nosso objetivo para que possamos manter a pegada, a intensidade, manter esse número alto de criação de jogadas para gol. Temos que manter o foco porque o segundo turno vai ser muito importante”, finalizou durante coletiva remota com jornalistas.

Na próxima segunda-feira (2), o Galo volta a campo, após semana cheia de descanso, e encara o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo. O jogo, marcado para as 17h, será válido pela 19ª rodada da competição mais importante do país.