Passar em um concurso público sempre foi o sonho de muita gente. Em um país como o Brasil, com quase 15 milhões de desempregados, o desejo de conquistar um, digamos, emprego mais seguro povoa o imaginário de multidões. E, entre os concursos que já têm editais publicados, a grande atração é o do Banco do Brasil, com inscrições abertas até esta quarta-feira (28). Para Minas, a instituição financeira anuncia 273 vagas imediatas e outras 246 para cadastro reserva.

São cerca de 4 mil vagas para o país, com proventos de R$ 4.508,40. O salário-base é de R$ 3.022,37, mais R$ 831,16 de ajuda alimentação-refeição, R$ 654,87 de cesta alimentação, auxílio-transporte e benefícios como participação nos lucros, planos de saúde e odontológico, previdência privada, auxílio-creche-babá e auxílio a filho com deficiência. A jornada é de 30 horas semanais.

A Polícia Militar de Minas Gerais também publicou quatro editais com vagas para carreiras diferentes. A maioria delas é para soldado – 1.484 masculino e 169 feminino. As provas já serão aplicadas no mês que vem. O salário inicial para soldado é de R$ 3.962,23. 

PLANO DE CARREIRA
Professor de cursinhos preparatórios há 30 anos, Waltinho Alves lembra que as vagas oferecidas no Banco do Brasil são para celetistas (contratação via CLT, sem estabilidade), mas, ainda assim, são excelente oportunidade, porque a instituição tem plano de carreira e não costuma demitir, a não ser por um erro considerado muito grave. 

Ele orienta que quem quiser ser aprovado para trabalhar no BB deve fazer o que os concurseiros costumam chamar de “zerar o edital”. É preciso, explica Alves, estudar com dedicação todo o conteúdo descrito ali.

O universitário Luiz Carlos Rodrigues Gomes, de 37 anos, que acabou tendo que fechar a loja de celulares que tinha nesta pandemia, vê no concurso do BB uma oportunidade de conquistar um bom emprego, com salário razoável. “Como já fiz outros concursos, estou revisando algumas matérias para as provas”, conta.

“Nesse caso específico do Banco do Brasil, como o anúncio do concurso foi meio de surpresa, acho que muitos candidatos vão estar em pé de igualdade. Então, recomendo que os interessados estudem de quatro a seis horas por dia e vejam todo o conteúdo. Se puderem contar com o apoio de um curso preparatório, será melhor ainda”, diz o professor Waltinho Alves.

Civil e Penal abrem vaga
Polícia Penal e Polícia Civil são outros concursos que já receberam aceno positivo do governo de Minas e devem ter editais publicados em breve.

A expectativa é a de que sejam oferecidas 2.400 vagas para a Polícia Penal, com salário médio de R$ 4 mil. Para a Polícia Civil, o governador Romeu Zema anunciou nestes mês que deverão ser 680 vagas.

Alguns certames já estariam com orçamentos aprovados, como o do Tribunal de Justiça Militar (TJM) e do Tribunal de Justiça do Estado (TJMG). A Caixa Econômica Federal também divulgou que pretende lançar o edital de seu próximo concurso em setembro.

O Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) também está com inscrições abertas, até 28 de agosto, para concurso que contratará para cargos de nível médio e superior, com salários de até R$ 4.180. Assim como a Fundação Ezequiel Dias (Funed) recebe inscrições até o próximo dia 30 para a contratação de 31 servidores temporários e cadastro reserva. 

Algumas prefeituras de cidades mineiras estão com inscrições abertas: Guaranésia, Guaxupé, Heliodora, Itapecerica, Lagoa Santa, Leopoldina, São João da Ponte, São João del-Rei e Araguari.