Kennedy Moraes tinge, corta, trata, penteia e domina muitas técnicas do mundo da beleza. Mas, acima de tudo, entende e atende aos pedidos dos clientes que sentam na cadeira à sua frente, na rua Gonçalves Figueira, no Centro da cidade. Um trabalho árduo, exercido com muito amor, pois a transformação não muda apenas o visual, ela tem o poder de promover autoestima e bem-estar. 

Mas, tem algo que ele gosta de fazer tanto quanto elevar a autoestima das pessoas: cantar. O rapaz canta desde os 8 anos de idade, quando ainda vivia em sua cidade natal, Porteirinha, no Norte de Minas. Agora, o dom vai ser usado para ajudar quem precisa.

No dia 5 de junho, sexta-feira, ele é a atração de uma live solidária que arrecadará alimentos para profissionais que trabalham com espetáculos e estão sem renda no momento.

“Há 34 anos estou aqui nessa cidade. Sou mais filho de Montes Claros do que de Porteirinha. Minha paixão pela música vem da infância. Ouvia muito Benito de Paula e a minha avó – que puxava muito meu saco (risos) – sempre dizia: você canta demais meu filho, que voz linda! Com isso, peguei o gosto. Amo cantar”, diz.

Embora tenha pouco tempo que o artista se profissionalizou como cantor, ele é muito requisitado. Quem conhece Montes Claros sabe o tanto que o povo é festeiro. Por isso, além de contar com o extenso calendário de festividades, que o permite se apresentar, Kennedy conta com uma legião de amigos, que estão sempre o apoiando a subir no palco.

Para a live, o artista preparou um repertório que agradará a todos os públicos. E uma das canções é “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos, que, para o artista, mexe com o coração de todos.

“Claro, não vai faltar essa pérola do nosso rei. E aproveito para presentear cada leitor (a). Quero agradecer a Deus por tudo. Dizer para o mundo que Deus é nosso Pai. Tudo que estamos vivendo é um teste. Em tudo Deus tem um propósito. Quero também agradecer o Rotary e os amigos de todo Brasil e até do exterior. Todo mundo vai acompanhar”.
 
MUNDO DA BELEZA
Apesar de ser um profissional da música, Kennedy conta que seu sustento e da família é retirado, integralmente, do salão de beleza onde trabalha. Mas, por conta da pandemia, sentiu o movimento cair consideravelmente. Ele viu suas principais “fontes” de clientes – festas e formaturas – serem canceladas e o isolamento social virar rotina. Por consequência, o trabalho se tornou escasso.

“No início foi difícil. Não via minhas netas nem minha mãe. Os filhos apareciam rapidamente. Mas hoje estamos aprendendo a ‘sobreviver’ na pandemia. Vejo mais os familiares e já consigo atender um cliente e outro em domicílio, sempre atendendo as determinações do Ministério da Saúde: máscara, álcool 70% (é o que uso). Esterilizo mão, navalha, tesoura e pente. O cabelo cresce, não é? As pessoas querem se sentir bonitas, não importa se é época de pandemia”. 

E ele não desanima e usa a música como terapia. Em casa é sempre tempo de cantar, ao lado da esposa Liliane, companheirona de todas as horas. “Escolho um repertório, tomamos um drink... se não a gente estressa”, conta. 

PROGRAMA DE TV
Kennedy participou há alguns anos do programa do Faustão. Até hoje, é reconhecido nas ruas da cidade.

“Fui muito bem recebido, a audiência foi boa, horário nobre, fiquei no ar cerca de 13 minutos. Fausto Silva falou meu nome três domingos seguidos: Kennedy, cabeleireiro de Montes Claros. Fiquei muito honrado. O carinho das bailarinas, Lucimara Parisi (que na época trabalhava lá), é inesquecível. Sem falar que neste dia conheci o Sérgio Loroza, Roberta Miranda, dentre outros”, lembra.
 
Live solidária
Kennedy Moraes
Dia: 5/6, 20h
Canal YouTube KennedyMoraesshow_
Telefone: (38) 99133-8042