Foi na passarela de desfiles que o estilista mineiro Ronaldo Fraga, de 52 anos, construiu uma carreira internacional de sucesso. E será na passarela do samba que verá sua história desfilar em alas, alegorias, mestre-sala e porta-bandeira. Fraga é homenageado da Canto da Alvorada, escola de samba de Belo Horizonte, que mostra seu Carnaval na terça-feira, dia 25. Para ele, motivo de imensa alegria. 

"Quando recebi o convite, me senti lisonjeado, porque é muito sério um enredo para a comunidade envolvida. É uma honra”.

Sentimento recíproco da escola. “A primeira vez que chamamos ele foi em 2015, mas, devido à extensa agenda do Ronaldo, não foi possível. Tornamos a fazer o convite no final de 2019. Escolhemos ele pelo que representa no cenário da moda nacional e internacional, e pela sua personalidade”, revela Maria Elisa Moraes, diretora de Carnaval da Canto da Alvorada.

Ouça o samba-enredo da Canto da Alvorada:

Enredo

Em “Memórias de um estilista coração de galinha”, de autoria de Serginho Beagá, parte da história de Ronaldo é contada e, quem a conhece bem, verá nas linhas lembranças de grandes desfiles.

A exemplo do próprio título do enredo, que remete à coleção Outono-Inverno de 1996, chamada “Eu amo Coração de Galinha”, um marco na moda brasileira.

“Eu sou fascinado com Carnaval! Acho que, como a moda, ele pode ser muito mais do que o ópio do povo. É quando o brasileiro consegue desopilar, desestressar, mas, além de ser uma manifestação popular, é política”, destaca Fraga, que é reconhecido por sempre explorar a moda de forma crítica, repleta de mensagens.

“A escola, hoje, procura homenagear artistas regionais em vida. Consideramos história de vida e desfiles, croquis e livros. A expectativa é oportunizar ao público presente o conhecimento da história de um grande artista e a escola ao final sair vitoriosa por apresentar um enredo tão rico”, aposta Maria Elisa.

Caricatura Ronaldo Fraga

Fantasias

Longe do desenvolvimento dos trajes para os participantes, Ronaldo aguarda ansioso pelas criações da escola. “No início, tivemos uma reunião para falar da minha história, e até agora eu não vi nada, exceto a ala das baianas. Eles acharam minhas ideias meio demais (risos)”, disse o estilista, que tem participado dos ensaios da Canto da Alvorada na medida que a agenda deixa.

E, se depender de como ele já está nos ensaios, a emoção será uma constante. “A reação do Ronaldo Fraga foi a melhor possível com o convite, ficou muito emocionado e está até hoje emocionado. Em nossas reuniões, percebe-se através do brilho dos seus olhos”, conta Maria Elisa. É esperar pra ver!

Aprenda a cantar o samba-enredo:

Samba-enredo em homenagem a Ronaldo FragaClique para ampliar ou salvar