Você já parou para pensar se está na profissão certa? Aproveitou o primeiro mês do ano para fazer um balanço entre suas habilidades e as funções que desempenha? Se o resultado da análise te deixou em dúvida, que tal apostar nos astros como orientador vocacional? 

Mais do que fonte de autoconhecimento e guia para relacionamentos, por exemplo, o mapa astral é também ferramenta de auxílio profissional, que ajuda a identificar, a partir dos signos e da posição deles nas casas astrológicas, desafios e potencialidades a serem explorados. 

Escritora, palestrante e astroterapeuta, Aline Schulz diz que ignorar o caminho traçado no mapa, diferente para cada pessoa, resultará na não realização profissional plena. “O fato de a pessoa não respeitar os próprios comportamentos, as características dela, não a tornará plenamente realizada naquela área ou profissão. Não considerar as individualidades leva muita gente a basear-se nas escolhas de pai, mãe, avô ou mesmo na remuneração, agradando aos outros e não a si mesmo”, alerta a especialista.

Livro Mapa da Riqueza

No livro "Mapa da Riqueza", Aline Schulz aborda as motivações que levam ao enriquecimento.

Raio-X individual

Profissional com 15 anos de atuação em astrologia, ela explica que o mapa astrológico funciona mais ou menos como um raio-X do comportamento e das inclinações de cada um, incluindo as habilidades profissionais. "Temos o mapa astrológico como decodificador do nosso propósito de vida. Nenhum nascimento é acidental. Ao pensar assim, como podemos nos nivelar, inclusive na hora de enriquecer?”, coloca a autora [TEXTO]de “Mapa da Riqueza – Ative o Poder Oculto do Seu Signo e Enriqueça Mais Rápido” (Luz da Serra).

No livro, Aline Schulz aborda as motivações que levam ao enriquecimento. “Enquanto as pessoas não descobrirem seu próprio caminho e motivação, dificilmente terão acesso ao que já é delas por direito, ficando incapacitadas de expandir, ir além e crescer”, sentencia a escritora.

“O conhecimento da astrologia é uma dentre tantas formas de revelar nosso próprio caminho, de apressar nosso desenvolvimento nas diferentes áreas da vida, incluindo a profissional e a financeira. No livro, mostro como encarar isso de maneira simples, bem humorada, alegre e didática”, acrescenta.

Arte astrologia carreiras

Clique para ampliar ou salvar a imagem

Meio do Céu indica o que 'queremos ser quando crescer'

Embora conhecer o signo seja meio caminho andado para compreender habilidades pessoais, crenças e ideias de mundo, incluindo o que diz respeito às profissões, é o Meio do Céu – ponto mais alto do mapa astral de cada um – , que indicará “o que queremos ser quando crescer”, ou seja, quais características se tornarão mais importantes para nós ao longo da vida. 

Astróloga há mais de 20 anos, colaboradora do site Personare, Márcia Fervienza explica que a posição astrológica nada mais é do que a casa mais alta de nosso mapa, tal como o lugar ocupado pelo sol ao meio-dia. Segundo ela, sozinha, dará dicas de trabalhos aos quais se dedicar. Em conjunto com o signo solar e com o ascendente, por sua vez, fornecerá uma interpretação mais precisa e completa. 

“O sol (signo solar) é o ponto de partida, ‘conhece’ nosso propósito e engloba nossas crenças e ideias de mundo e relacionamentos. O Meio do Céu é onde queremos chegar. Requer crescimento e aprendizado, e indica a reputação que queremos ter e como desejamos ser vistos”, detalha a profissional.

Ponto a ponto:

Descubra em qual signo está seu Meio do Céu e entenda o que isso significa, conforme a astróloga Márcia Fervienza, colaboradora do Personare:

 

  • Em Áries: trabalhará arduamente para alcançar os objetivos, mas poderá ter várias carreiras até descobrir o que deseja fazer
  • Em Touro: ambicioso, valoriza ganhos materiais, status e prestígio. Tenderá a cargos executivos, já que não é bom recebendo ordens
  • Em Gêmeos: pode ter mais de uma profissão ou trabalhar com uma coisa, mas se interessar por outra
  • Câncer: deseja ser considerado respeitado e responsável. A intuição para saber do que as pessoas gostam facilitará no alcance dos objetivos
  • Leão: tende a exercer profissões em que conduza ou ensine os outros, como professores e líderes 
  • Virgem: costuma ter disposição de servir e trabalha com determinação. Orienta-se pela perfeição
  • Libra: tem forte sentido de imparcialidade e correção, podendo se dar bem em posições em que precise buscar acordos
  • Escorpião: é dedicado, empenhado e confia muito em si mesmo. Profissões ideais relacionam-se ao desconhecido
  • Sagitário: tem grandes planos e deseja chegar longe. Precisa aprender a ser mais prático. Tende a ser bom professor e vendedor
  • Capricórnio: ambicioso, quer chegar alto. Terá facilidade em profissões que exijam prudência
  • Aquário: o senso humanitário fará com que trabalhe com algo com significado superior, que gere impacto social positivo 
  • Peixes: por causa da intuição que tem pelas necessidades alheias e da compaixão, está inclinado a atividades de caridade

Leia mais:

Astrologia em alta nas redes: cresce consulta aos astros no ambiente digital

Astrologia com humor: veja entrevista com a criadora do Astroloucamente, que bomba no Instagram