Júlia Hennessy Cayuela, modelo e influencer belo-horizontina, morreu aos 22 anos em uma batida entre uma motocicleta e um caminhão, na BR-277, em São José dos Pinhais, em Curitiba.

Ela viajava de moto pelo Sul do país com o marido Daniel Cayuela quando houve o acidente, ocorrido na tarde desta quinta-feira (15). Júlia entrou em parada cardiorrespiratória no local e acabou sendo encaminhada pelo helicóptero Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) ao Hospital Cajuru, mas não resistiu aos ferimentos.

N/A

Momento em que equipes de resgate chegaram no local do acidente

Daniel pilotava a moto. Ele foi socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde pela concessionária que administra o trecho da rodovia. Segue internado no hospital, onde fez uma cirurgia no ombro.

Júlia tinha mais de 279 mil seguidores no Instagram, onde compartilhava conteúdos de moda e estética. Momentos antes do acidente, compartilhou vídeos viajando de moto com o companheiro, passando pela Serra da Graciosa.

“A vida é breve”

Na última publicação que fez no Instagram, a influencer escreveu "a vida é breve” na legenda de uma foto em que aparece com o marido. A postagem está sendo utilizadas pelos fãs, amigos e familiares para se despedirem da modelo nos comentários.

“A dor mais forte que já senti na vida”

A estudante era enteada do pastor Jerônimo da Silveira, da Igreja do Evangelho Quadrangular Templo dos Anjos em Belo Horizonte. Pelo Instagram, ele lamentou a perda, dizendo ser "a dor mais forte que sentiu na vida, e que “nunca precisou tanto de Deus como neste momento”:

As causas do acidente ainda vão ser investigadas pela Polícia Militar de Curitiba.

(*) Especial para o Hoje em Dia 

Leia mais:
Mineiro Felipe de Oliveira 'viaja à Lua' em novo single lançado nesta sexta-feira; veja clipe
Grupo Corpo exibe quatro espetáculos a partir desta sextaGrupo Corpo exibe quatro espetáculos a partir desta sexta
De sangue 'baiano-mineiro-negro-indígena', Dêssa Souza lança primeiro EP