A barba pode trazer perigos à saúde dos homens, podendo esconder bactérias fecais, que são encontradas em vasos sanitários. Em uma pesquisa mexicana, o microbiologista John Golobic, responsável pelo levantamento, afirma que a quantidade de micro-organismos encontrados nos pelos pode ser maior do que as que residem nos banheiros.

Durante a pesquisa foram encontradas outros micro-organismos, mas essas bactérias surpreenderam até o microbiologista. “Algumas barbas mostravam bactérias comuns, do ambiente, mas a maioria delas continha bactérias de fezes. Se essa quantidade fosse encontrada na água, ela seria proibida de circular até que passasse por um processo de limpeza.”, afirma Golobic.

Apesar da descoberta, o pesquisador disse que os níveis não são altos a ponto de causar doenças, mas que a situação é "preocupante" e a maioria das bactérias vão parar na barba pelo contato com as mãos.

Aos que resolveram aderir à moda da barba, os cuidados devem ser maiores. O pesquisador ainda deixa uma dica: “é de extrema importância que os homens não fiquem passando a mão na barba, pois isso pode trazer bactérias para o rosto, ou tirar bactérias do rosto e leva-las para outro lugar”.

Veja o vídeo (em inglês) da pesquisa de John Golobic: