A cidade já dispõe de uma porção de lugares voltados à cultura e às artes. Ainda assim, Danielle Ramalho e Deborah Teixeira alimentavam “o sonho de construir um lugar que fizesse diferença, que reunisse dança, música, teatro, musicais e profissionais de excelência em cada um desses segmentos”. Levaram tempo buscando o lugar na avenida do Contorno que, após criterioso restauro, abre amanhã à noite, apenas para convidados.

Batizado como Casa (Centro de Arte Savassi), o espaço definiu aulões com gabaritados profissionais de dança como primeiras atividades. As aulas acontecem às quintas e sextas-feiras e serão gratuitas, mas têm vagas limitadas. Inscrições pelo www.facebook.com/centrodeartesavassi
Em função das férias escolares, tradicionalmente se verificaria um hiato em BH a cada mês de julho. “Tenho a impressão que só o Corpo mantinha cursos de dança neste período, o que obrigava as pessoas a saírem em busca de boas aulas. Por isso vamos oferecer aulas com profissionais que acrescentem, que saibam lapidar talentos”, promete Danielle, ex-bailarina do Teatro Municipal do Rio e profissional do grupo Corpo há 13 anos. Aclimatada, se sentiria “mais mineira que carioca”: “Amo o Rio, mas aqui é minha cidade, onde me sinto em casa”, enfatiza.

Bailarina e estudante de Psicologia, Deborah Teixeira dividiu com Danielle a decisão de alugar o imóvel de 1920, com 200m², pelos próximos cinco anos.

Nele, abrigam o complexo de salas de ensaio e apresentação que sonhavam. Vão contar com aulas de formação teatral transferidas do Galpão Cine Horto; teatro musical com a DrammAto, de São Paulo; balé clássico com Fátima Cerqueira, mineira radicada na Dinamarca, e com o mestre cubano Reynaldo Muniz Delgado; dança contemporânea com Mário Nascimento e Dudude; e jazz com Felipe Bruschi e Maria Alina. Entre outros.

Articulado sem auxílio das subvenções públicas, só com recursos tomados de empréstimos - “um sonho que encaramos com a cara e a coragem e um pouco de maluquice também”, avalia Danielle -, o projeto se estende por mais cinco salas e um auditório, que funcionam como anexo, graças a um acordo com o Colégio Padre Machado.