Roberta Sudbrack foi eleita a  melhor chef mulher da América Latina. A informação foi publicada pela revista britânica Restaurant, nesta quarta-feira (19), que entrega todos os anos o prêmio “50 Best América Latina”. Gaúcha, a premiação vem selar os 20 anos de carreira de Sudbrack.
 
De acordo com o site Folha de S.Paulo, Sudbrack foi a primeira chef de cozinha da história dos quase 50 anos do Palácio da Alvorada, a casa oficial do presidente do Brasil, onde foi responsável, por sete anos, pelas refeições de Fernando Henrique Cardoso. 
 
Ela começou a vender cachorro-quente aos 17 anos de idade nas ruas e, em 2005, abriu o consagrado restaurante no Rio de Janeiro, que leva o seu nome. O estabelecimento também recebeu uma estrela no primeiro guia brasileiro “Michelin”.