A abertura de drive-ins em Belo Horizonte deverá acontecer nas próximas semanas, após a prefeitura de Belo Horizonte incluir o formato de apresentação de filmes e eventos no programa de flexibilização anunciado na terça-feira (4).

Os primeiros drive-ins serão inaugurados provavelmente nos estacionamentos de shopping-centers, onde já estão instaladas salas tradicionais (estas ainda não têm data para voltarem a funcionar).

Principal rede de cinemas de Belo Horizonte, a Cineart confirmou essa possibilidade à reportagem do Hoje em Dia. A empresa abriu, em junho, dois drive-ins em Nova Lima, no Alphaville e no Mix Garden.

"Neste momento, estamos levantando a viabilidade", afirma, em nota, a Cineart, que tem a seu favor o fato de já possuir os equipamentos de projeção e a expertise nesta área.

Outro facilitador é que os shoppings também tiveram a autorização da prefeitura para funcionarem. Em Belo Horizonte, a rede atua nos shoppings Boulevard, Cidade, Del Rey, Minas, Paragem, Ponteio e Via.

Com o sinal verde da prefeitura, outros empreeendores já começam a buscar parceiros comerciais para a viabilização do projeto, que tem um custo alto, de acordo com Gipson Mol, da Autocine Brasil.

"Estamos com este modelo pronto desde abril, aguardando a legislação. Agora, outra barreira a atravessar é a retomada das conversas para a captação de patrocínios. Sem eles, a atividade não é viável", registra Mol.

No formato drive-in, os filmes são apresentados em telões ao ar livre, com os espectadores dentro de veículos, retomando uma tradição cultural dos anos 50 e 60 muito comum nos Estados Unidos.

No drive-in, as pessoas só podem sair dos carros para irem ao banheiro, após sinalização dos administradores para não haver aglomeração. Cada veículo pode ter quatro pessoas.