O “Mutirão do Bem Viver em resposta à pandemia” é um projeto de solidariedade, presente em todas as regiões do país – sendo ativo em 16 Estados – e que já doou cerca de 3 mil cestas básicas desde o início de abril. Agora, ele parte para uma nova etapa. Neste sábado (4), a partir das 14h, será realizado o Festival do Bem Viver, com apresentações ao vivo de 16 artistas, a serem transmitidas pelo canal no YouTube e o Facebook da Sociedade do Bem Viver. (Veja mais abaixo como colaborar)

Farão parte do line-up do evento online: Kaê Guajajara, Flaira Ferro, Mestrinho, Mayana Neiva, Badi Assad, Roger Deff, Iara Ferreira, Flávio Vasconcelos, Pedro Iaco, Laura Catarina, Gustavito, Djuena Tikuna, Nanan, Gean Ramos Pakararu, Rafa Castro e Thiago Ávila.

Gustavito

Gustavito será uma das atrações deste festival

Um dos mineiros presentes nesta empreitada, Rafa Castro (foto abaixo) vai destilar músicas presentes em seu mais recente álbum, “Teletransportar”, lançado neste ano.

“São músicas muito alinhadas com o pensamento de cuidado com a humanidade, de retomada de uma dimensão poética e mais fraterna da vida. Acredito muito que devemos estar mais unidos para cuidar dos mais vulneráveis e defender uma dimensão mais igualitária nos nossos dias. Espero contribuir com música, e que sigamos unidos em busca de melhorias e qualidade de vida a todos", disse Castro.

Rafa Castro

Outro da turma das Gerais é Roger Deff (foto abaixo). “Acho bem massa essa proposta do festival, de usar a arte, a ferramenta que temos, para sensibilizar as pessoas a fim de arrecadar alimentos e contribuir com as pessoas que tem menos recursos”, afirmou o rapper, que, assim como os demais artistas do festival, é figura presente em várias ações de solidariedade.

“Essas ações mostram o valor que a arte tem para mobilizar pessoas. O objetivo é contribuir com aqueles que estão numa situação mais desfavorável neste momento pandêmico”, completou.

Roger Deff

Para colaborar, clique no link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/mutirao-do-bem-viver-em-resposta-a-pandemia