Com a turnê de despedida interrompida por conta da pandemia do novo coronavírus, a banda mineira Skank anunciou que fará uma live no Mineirão, na Pampulha, em Belo Horizonte, no próximo sábado (30). O show está previsto para 20h e, claro, respeitando as regras do isolamento social, sem a presença dos fãs.  

A apresentação de portas fechadas será transmitida pelo YouTube. Essa é uma inédita oportunidade de assistir, de casa, a Samuel Rosa (guitarra e voz), Lelo Zanetti (baixo), Henrique Portugal (teclados) e Haroldo Ferretti (bateria) tocando clássicos, juntos, novamente.

Com uma estrutura extremamente consciente para evitar aglomeração e a vantagem de estar em um ambiente 100% ao ar livre, garantindo o distanciamento entre músicos e equipe, a reduzida produção irá cumprir orientações e protocolo da Organização Mundial da Saúde (OMS).  

Segundo os organizadores, a live tem como objetivo arrecadar doações para instituições eleitas pelos próprios integrantes e ainda promete resgatar toda a nostalgia que envolve a história da banda e o Mineirão, conhecido também como a casa do Skank.

Gramado, palco e despedida

O Skank aceitou o convite do Gigante da Pampulha, que ofereceu o gramado como palco para celebrar os 10 anos de um dos shows mais marcantes da carreira do quarteto: o Skank no Mineirão. A histórica apresentação rendeu o álbum Multishow Ao Vivo - Skank no Mineirão.

Ludmila Ximenes, relações institucionais do estádio, lembra que além da grande história da banda com o local, um dos shows da aguardada Turnê de Despedida, programado para junho, coincidentemente seria realizado por lá.

"A parceria entre Mineirão e Skank já é de longa data. Quando soubemos da mobilização nas redes sociais da banda ficamos muito felizes e planejamos uma live produzida com o mínimo de pessoas possíveis, seguindo todos os protocolos de saúde. Nada melhor do que um espaço amplo e ao ar livre, como o gramado, para garantir a segurança de todos", ressalta Ximenes.

Clássicos

Para o tão esperado show, o repertório vai estar cheio de clássicos, seguindo a mesma linha do setlist da Turnê de Despedida: “Garota Nacional”, “Vou Deixar”, “Uma Partida de Futebol”, cujo clipe foi gravado há 23 anos dentro do Mineirão, “Algo Parecido”, single de 2018, e a nova “Simplesmente”, delicada balada folk com participação de Roberta Campos, lançada especialmente para acompanhar a Turnê de Despedida, vão ser algumas das canções apresentadas durante a transmissão, dentre uma coleção de sucessos.

Leia também:
Quase metade das cidades mineiras tem registro de pacientes com coronavírus
Minas tem mais de 8 mil infectados e 240 mortes confirmadas de Covid; 184 óbitos são investigados
Família de paciente internada com Covid cai em golpe e perde R$ 7 mil em BH