A vida e a trajetória de Gaab vêm passando por várias transformações. E isso, em tom positivo. Se há cerca de quatro anos ele era considerado um jovem com potencial no cenário pop/funk brasileiro e detinha a “missão” de manter vivo o legado musical de sua família, hoje, aos 21, o artista não é apenas o “filho do pagodeiro e produtor Rodriguinho”. É também uma realidade, ratificada por hits como “Só Você Não Vê”, “Vai Passar” e “Cuidado” e reiterada com o mais recente trabalho, o EP “Infinito”.

Lançado no início deste ano e disponibilizado nas plataformas digitais, o novo disco traz cinco músicas que sintetizam todos os elementos presentes em álbuns e singles anteriores e ainda percorrem outros caminhos musicais. Algo que “veio naturalmente e, ao mesmo tempo, foi planejado”, atesta Gaab.

“O processo todo foi demorado. Eu diria que passei muito tempo mexendo e fazendo coisas, músicas que esperei o momento certo para fazer. As canções foram sendo criadas, e quando cheguei a dez, 12 músicas, senti que essas cinco (do EP), embora sejam diferentes, conversavam entre si. Mesmo que as tenha feito separadamente, entendi que se juntariam”, relata o paulista.

A escolha do nome “Infinito” também tem a ver com esse diálogo envolvendo as composições. “Eu apresentaria o disco como uma parte de mim. Entendi que são músicas que ficariam para sempre para nossas vidas, por isso ‘Infinito’”, afirma.

Gaab

Parcerias

Embora considere as cinco faixas como “uma unidade”, o álbum possui seus destaques, vide a abertura com “Real Pensamento” – cujo clipe conta com a companheira, a modelo e atriz Michelle Alveia, com quem Gaab tem uma filha, Heloísa – e o encerramento “Reggaeton (Devagar Vai)”. Esta última, um ‘presente’ que recebeu na Bahia.

“Fui à casa de um grande amigo meu, o compositor (Filipe) Escandurras. Jantamos, e aí o Escandurras me mostrou umas músicas dele. Dentre elas, tinha essa (“Reggaeton”), que eu gostei muito. Acabei gravando. O grande lance de chamá-la de ‘Reggaeton’ foi para mostrar como seria o reggaeton do jeito brasileiro, como seria esse estilo do Brasil para o mundo”, descreve.

Família

A parceria entre Michelle e Gaab não ficará restrita ao clipe de “Real Pensamento” neste ano. “Ela está agora com uma peça, que estamos produzindo juntos. Fico responsável pela parte musical, e ela, pela peça em si, destinada às crianças. Ela é muito profissional”, destaca Gaab, que, apesar de seguir seu próprio caminho, faz questão de preservar suas raízes e continuar a seguir os conselhos do pai.

“Ele (Rodriguinho) fez toda nossa família entender que música é uma realidade. É difícil as pessoas entenderem que música é algo profissional, mas meu pai me mostrou que é. E sempre ressaltou o quanto temos que lutar para conseguir o que queremos”, comenta.

Gaab