Além de axé e samba, o Carnaval também abre alas para a MPB no repertório. Vários blocos trazem as obras e mensagens de artistas consagrados como Caetano Veloso, Chico Buarque e Gilberto Gil.

O Baiana Ozadas, que todos os anos homenageia um artista nacional, dedica o Carnaval 2020 ao baiano Gilberto Gil, com o tema "Realce - Quanto mais ozadia melhor", em alusão ao nome do grupo e ao álbum do cantor.

"Escolhemos Gil pelo conjunto da obra e por ser um carnavalesco nato. Gilberto Gil é um artista revolucionário que em mais de 50 anos de carreira sempre se posiciona entre o poético e o político, ocupando um lugar singular para a cultura brasileira", diz Geo Cardoso, fundador do cortejo.

Há ainda os bloquinhos criados exclusivamente para homenagear artistas. Caso do Chama o Síndico (Tim Maia e Jorge Ben Jor).  O tema deste ano é liberdade de expressão. O grupo também abordará questões como o cinema nacional e a liberdade de amamentar em público. 

O desfile acontece no domingo (23) a partir das 10h, com ínicio na avenida do Contorno, próximo ao antigo prédio da engenharia da UFMG, até a Praça da Estação. "A gente sabe que temos um público fiel, bacana", relata a produtora Renata Chamilet.

luz de tieta

Integrantes do Luz de Tieta 

O legado de Belchior para as novas gerações também marca presença.  A frase tema deste ano é "Amar e mudar as coisas", trecho da canção "Alucinação". 

"Num momento de tanto ódio no país, a gente acha que o amor é a melhor resposta. Vamos levar essa frase para o nosso Carnaval. A gente vai valorizar a atualidade do pensamento, das letras e da mensagem de Belchior ", destaca Kerison Lopes, do Volta, Belchior. O desfile está previsto para sábado (22), na avenida Andradas, da rua Nova Resende até Ana de Sá, a partir de 12h. Neste ano, a bateria é composta por 150 membros. 

Desfilando pela segunda vez, o bloco de mulheres Luz de Tieta traz canções de Caetano Veloso. O tema é um alerta contra o homicídio infantil: "Parem de matar os nossos filhos". Neste ano, eles se apresentam somente com a banda no domingo (23), das 18h até 22h, no Postinho Alaska, na Praça do Alaska, no bairro Mangabeiras.

As músicas "Apesar de Você" e "Acorda Amor" serão os destaques do bloco Acorda, Amor, em homenagem a Chico Buarque. O desfile acontece na Quarta-feira de Cinzas, na Praça São Geraldo, às 8h.

"As nossas canções-temas são sempre as politizadas do Chico que falam do momento que a gente tá vivendo. Nós temos mais de 40 músicas dele, todas com temáticas que falam sobre amor, política e sociedade no contexto geral. ", explica Luisa Barros.

(*) Sob supervisão de Cássia Eponine

Leia mais:
Maratona do Carnaval em BH começa nesta terça-feira com desfile de bloco de rua
Apreensão de trio-elétrico preocupa blocos de BH; grupos temem que desfiles sejam prejudicados
Cemig alerta foliões sobre cuidados com a energia elétrica no Carnaval