História voltada para o público adolescente que retrata a amizade, o primeiro amor e os conflitos de juventude,  "O Melhor Verão das Nossas Vidas", em cartaz nos cinemas, é recheado de dramas superficiais.
 
Com um elenco pouco conhecido, o filme do diretor estreante Adolpho Knauth parece ser mais um veículo de propaganda para o grupo BFF Girls, cujas cantoras Giulia Nassa, Bia Torres e Laura Castro são as protagonistas da história sobre um trio de meninas que fica de recuperação na escola e inventa uma desculpa para não perder um festival de música.
 
Os melhores momentos são quando "O Melhor Verão das Nossas Vidas" retrata temas da sociedade atual, como ausência dos pais (que só pensam no futuro financeiro dos filhos) e a escolha de uma vida dos padrões capitalistas.
 
Outro ponto a se notar é a tentativa de inclusão social de uma jovem deficiente auditiva. Mesmo surda e com dificuldades na fala, ela convive normalente com o universo teen.
 
O maior problema do filme é a falta de ritmo. Além de uma edição confusa, alguns atores - especialmente as protagonistas - não têm um atuação segura.