A morte do cantor sertanejo Juliano Cezar, que ocorreu enquanto ele realizava um show no interior do Paraná, na madrugada desta terça-feira (31), foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais neste último dia de 2019. Amigos e fãs fizeram questão de registrar o quanto estavam tristes pela partida repentina do artista nascido em Passos, no Sul de Minas.

Veja algumas postagens:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Será dessa forma que vamos lembrar de você para sempre, nosso eterno “Cowboy Vagabundo” @julianocezaroficial 🌹#JBeV

Uma publicação compartilhada por João Bosco & Vinícius (@joaoboscoevinicius) em

 

Juliano Cezar, de 58 anos, teve uma parada cardiorespiratória enquanto se apresentava em um show em Uniflor, interior do Paraná. Ele foi socorrido, mas não resistiu ao infarto fulminante. O corpo será velado em Ribeirão Preto, nesta noite, e depois levado para Passos. O velório na cidade mineira acontece de 1h às 13h desta quarta-feira (1º).

O cantor sertanejo começou a carreira de cantor em 1985, depois de trabalhar como peão de rodeio. Foi ele quem registrou pela primeira vez a composição “Não aprendi dizer adeus”, que depois ficou nacionalmente conhecida nas vozes de Leandro e Leonardo. Por seu primeiro disco, lançado em 1990, ganhou o Prêmiop Sharp de cantor revelação.

Leia mais:
Cantor mineiro Juliano Cezar morre após parada cardíaca durante show no Paraná