O Perfect Element não tem nem duas primaveras de vida, ainda não gravou discos e sequer subiu aos palcos para executar seu prog metal. Mesmo assim, a banda desponta como forte candidata a revelação para os próximos anos dentro do fértil terreno do metal mineiro, notório por ter concebido grupos reconhecidos no Brasil e no exterior, como Sepultura, Sarcófago, Overdose, Tuatha de Danann, Drowned e tantos outros.

Dois pontos são fundamentais para crer que o quarteto formado por Leonardo Rizzi (vocais e guitarra), Fil Ferrer (guitarra e vocais), Alan Curátola (baixo e vocais) e Flávio Batata (bateria e vocais) possa decolar em um futuro breve. O primeiro, foi o anúncio, em 2018, de que o multi-instrumentista Thiago Bianchi (Noturnall, ex-Shaman), uma das referências do estilo em solo tupiniquim, será o responsável pela produção do álbum de estreia do conjunto belo-horizontino, com previsão de lançamento para 2020.

O segundo, e não menos importante, é a confirmação do Perfect Element como abertura de um concerto na capital mineira, em 1° de novembro, envolvendo o fundador e ex-baterista do Dream Theater (seminal banda de prog metal mundial), Mike Portnoy, o Noturnall, de Bianchi, e Edu Falaschi (Almah, ex-Angra), que soltará no mercado, no início do próximo ano, um DVD ao lado do maestro João Carlos Martins e da Orquestra Bachiana Filarmônica.

Em outras palavras, se até agora o arsenal musical do Perfect está sendo mantido em sigilo, em novembro, parte dele será revelado ao público mineiro, mais precisamente na casa de shows Mister Rock, no bairro Prado. E numa ocasião mais do que especial.

“A gente está com uma expectativa muito grande para este show, pois tocaremos ao lado de músicos que são nossas referências e nos influenciaram desde que éramos mais novos. O casamento perfeito de um estilo que a gente toca e o evento, ainda mais tendo o Portnoy, fundador de uma das mais importantes, se não a mais importante, bandas de prog metal do mundo. É especial para nós fazermos nosso primeiro show em um evento dessa magnitude”, relata Leonardo Rizzi.

O guitarrista e vocalista, no entanto, admite que todos da banda foram pegos de surpresa, em meio ao processo de produção de seu debute. "Foi totalmente fora do nosso cronograma. O convite veio do Thiago (Bianchi), uma oportunidade irrecusável. Vamos mostrar nosso primeiro material, coisas que não mostramos a ninguém ainda”, destaca Rizzi.

As bandas Vienna e VersOver também marcarão presença no show de novembro, na capital mineira.

Disco conceitual

Apesar de estarem na fase de produção do disco de estreia – ainda sem título definido, mas que será um álbum conceitual com dez faixas –, os integrantes do Perfect Element só entrarão em estúdio para as gravações no começo de 2020.

“A produção dele (Bianchi) é muito relevante. A gente escuta e tenta absorver da melhor maneira possível tudo que ele sugere. E o convívio com ele, no estúdio Fusão, também é muito bacana. Um grande parceiro. Estamos aprendendo muito com o Thiago”, finaliza Rizzi.

Ingressos

Confira no link abaixo informações sobre o show do dia 1º de novembro, no Mister Rock.

https://ticketbrasil.com.br/show/7133-noturnalleconvidados-belohorizonte-mg/ingressos/